clube de jazz  
 
agenda notícias store
 
o jazz jazz brasil ao vivo galeria
 
 
colunas
perfil
eventos
lançamentos
entrevistas
acorde final
 

Feito Aqui: Festival de Música Contemporânea e Culinária Tradicional de Minas

Em sua segunda edição, o Feito Aqui tem curadoria do chef Eduardo Avelar, pioneiro na arte da moderna cozinha brasileira, e produção executiva e curadoria da programação musical pela produtora Lailah Gouvea. A abertura do evento conta com os shows de Cataventoré, Felipe José Quinteto, Toninho Horta e Banda e Juarez Moreira e Trio. No domingo, sobem ao palco do festival Brisa e os biro-biro, Pablo Castro, Samuel Rosa e Lô Borges e Todos os Caetanos do Mundo. O festival tem a participação de mais de 16 produtores e mestres convidados que trazem o melhor da comida feita no interior de Minas.

23/10/2015 - Material de divulgação do evento.

PROGRAMAÇÃO

Sábado - 07/11



14h00 - Abertura da feira de comidas

16h00 – CATAVENTORÉ
O grupo mineiro foi formado há 15 anos e celebra ritmos brasileiros como baião, arrasta-pé, moçambique e maracatu. Seus integrantes, Daniel Magalhães (pífano), Chico Bastos (pífano e cavaquinho), Mateus Oliveira (percussão) e Julio Ponzo (percussão), realizam intensa pesquisa musical no Vale do Jequitinhonha, com a produção de publicações sobre as flautas tradicionais dessa região.

17h20 – FELIPE JOSÉ QUINTETO
O multinstrumentista Felipe José é músico desde os 11 anos. Graduado em composição musical e mestre em improvisação coletiva pela UFMG, ex-integrante da Itiberê Orquestra Família e do grupo RAMO, Felipe atua como compositor para teatro e dança, além de práticas musicais. Foi premiado pelo Prêmio BDMG Instrumental e Youth Musis International, e realizou residências artísticas na Bahia, em BH e França. Felipe José lançou seu primeiro disco em 2013, “Circvlar Mvsica”, e é fundador do Coletivo Distante, grupo dedicado à prática de improvisação livre.

18h40 – TONINHO HORTA E BANDA
O guitarrista e compositor Toninho Horta começou a tocar violão aos nove anos. O músico iniciou sua carreira profissional aos 16, nas noites belo-horizontinas, época em que conheceu Milton Nascimento. Ao lado do amigo e companheiro, participou do “Clube da Esquina, álbum que marcou os anos 1970. Toninho tocou com Gal Costa, Nana Caymmi, Elis Regina e João Bosco. Na década de 80, tocou com músicos de jazz em Nova Iorque, onde estudou na Juilliard School, no Lincoln Center. Foi o responsável por organizar o primeiro Seminário Brasileiro da Música Instrumental, em Ouro Preto. Em sua bagagem musical, 25 CDs lançados de sua autoria.

20h30 – JUAREZ MOREIRA E TRIO
Autodidata, começou a tocar violão aos 12 anos. O violonista é criador e curador do Festival Internacional de Violão de Belo Horizonte (FIV) e se apresenta em shows e masterclasses nos principais festivais de música instrumental do país e do exterior. Com 12 CD’s gravados, entre parcerias e autorais, e um DVD gravado ao vivo no Palácio das Artes, acompanhado de banda e convidados especiais, Juarez está atualmente em estúdio para a pré-produção de um CD instrumental e outro dedicado às suas composições que receberam letras. Juarez se apresenta no Feito Aqui ao lado de Esdra “Neném”(bateria) e Kiko Mitre (contrabaixo). No repertório, composições autorais e de grandes músicos brasileiros, como Tom Jobim, Luís Bonfá e Pixinguinha.

Das 16 às 19h00 – Espaço cultural para crianças com contação de histórias, canções de roda, desenho, pintura e muito mais.


Domingo - 08/11

14h00 - Abertura da feira de comidas

16h00 – BRISA E OS BIRO-BIRO
A poeta, atriz e compositora tem mais de 30 parcerias gravadas em discos da cena musical contemporânea. “Brisa Marques e os Biro-biro” faz parte de um processo que Brisa desenvolve como dramaturga, performer e poeta. Nele, ela reúne músicos que fazem parte da sua história, principalmente afetiva. No repertório, histórias-canções reinventadas, em parceria com Vitor Santana, João Pires, Flávio Henrique, Susana Travassos, Renata Vanucci, Thiakov, entre outros. No show, acompanham a cantora, Pedro Carneiro (guitarra), Luiza Brina (baixo), Nana Torres (percussão e bateria e Adriano Goyatá (percussão e bateria).

17h20 – PABLO CASTRO
Pablo Castro é um dos expoentes da nova cena da música popular mineira. Seu primeiro trabalho, “A Outra Cidade”, foi lançado ao lado de Makely Ka e Kristoff Silva, em 2003. Desde então, Pablo desenvolve trabalhos como compositor e integra a Banda dos Descontentes. Seu primeiro CD solo, “Anterior”, é de 2008, e seu segundo, “Gatilho”, foi totalmente gravado no formato voz e violão. O cantor compõe desde baladas” até sambas, toadas, salsas, rock, pop e reggae.

18h40 – LÔ BORGES E SAMUEL ROSA
Em 1999, após muito tempo de admiração, Samuel Rosa e Lô Borges decidiram realizar uma série de shows em BH, para promover o encontro dessas duas gerações da música mineira. Desde então, os músicos têm se encontrado em gravações e shows. O repertório da apresentação reforça esses 16 anos de história, com clássicos dos artistas e parcerias com Márcio Borges, Chico Amaral, Fernando Brant, entre outros, e está registrado no primeiro DVD lançado pela dupla este ano, “Samuel Rosa & Lô Borges”.

20h30 – TODOS OS CAETANOS DO MUNDO
O projeto formado por Julia Branco (canto), Luiz Rocha (cantor e guitarra), Thiago Braga (baixo) e Adriano Goyatá (bateria) reverencia a obra de Caetano Veloso e artistas que influenciaram e são influenciados pelo músico baiano. O quarteto surgiu em 2009 e tem um repertório que traz a MPB, o rock dos anos 70 e 80, o pop dos 90 e canções atuais, O primeiro CD da banda se chama ˜Pega a Melodia e Engole”.

SERVIÇO

Horário: 14h às 22h00

Valor do ingresso: R$ 20,00 (inteira) antecipado/ R$ 30,00 no dia do evento.

Venda de ingressos: http://www.sympla.com.br/festivalfeitoaqui, nas lojas Tim do BH Shopping, Av. Afonso Pena, 800, Pátio Savassi ou no dia na bilheteria do evento.

Informações: facebook.com/festivalfeitoaqui

Topo da página | Envie a um amigo | Voltar para Jazz news

 
copyright clube de jazz 2004  
cadastre-se   termos de uso   contato   sobre nós